Como Calcular o Custo de um Produto – PARE DE ERRAR

Como Calcular o Custo de um Produto

Como calcular o custo de um produto quando se inicia um negócio em casa?

De fato, é lindo criar um negócio em casa, realizar vendas e tudo mais.

No entanto, saber como calcular o custo de um produto, é mais do que uma estratégia.

Realmente, isso garantirá ganhos mais altos e um preço justo.

Para te ajudar a não errar nunca mais, eu fiz este post sobre como calcular o custo de um produto antes de precificá-lo.

Vamos conferir?

O que significa calcular o custo de um produto?

Calcular o custo do produto significa descobrir seu CMV. CMV é a abreviação para Custo de Mercadoria Vendida.

Em suma, quer dizer o quanto você gasta na produção de cada produto, desmembrando o saco de farinha, o de açúcar, a embalagem e tudo mais.

Muitos empreendedores deixam este aprendizado de lado, mas isso pode afetar no lucro, na precificação e, no final, pode causar grandes prejuízos.


Por que é importante calcular o custo de um produto, ou CMV?

Como citamos acima, calcular o custo de um produto antes das vendas, é importante para evitar prejuízo, mas não só.

Quando você calcula o CMV do seu produto, você também pode colocar um preço justo nele, além de calcular sua margem de lucro.

Certamente, sua concorrência não está fazendo isso, mas você não o fará!

Por isso, antes de compartilhar este post super importante, você precisa primeiramente aprender a calcular na prática seu CMV.

Prepare papel e caneta e vamos lá!

Como calcular o preço de um produto de forma simples

Antes de qualquer coisa, entenda a cadeia até chegar ao preço final, que deve ser a seguinte:

infográfico ilustrando o cálculo do custo de um produto

Para simplificar, veja melhor:

O que é custo de um produto?

O custo de um produto é o quanto você gasta para produzir o que estará oferecendo aos clientes, incluindo ingredientes, embalagens, etc.

O que é despesa de um produto?

Já as despesas são o quanto você irá gastar para vender o produto como, por exemplo, custo de passagem, de gasolina (logística), se você paga um funcionário e assim por diante.

O que é lucro de um produto?

A parte boa é o lucro, ou seja, o retorno que você terá ao vender o produto.

Basicamente, é isso que irá financiar o crescimento do negócio.

Até aqui tudo bem, né?

Continuando…

Calcular custo de bolo no pote

Vamos usar o exemplo do bolo no pote que é bem simples e você pode aplicar em qualquer produto.

Contudo, os custos podem variar por causa da sua região, preços dos ingredientes e tudo mais.

No entanto a regra é a mesma.

Suponhamos que você tenha comprado 1 kg de farinha a um valor de R$3,00.

Na receita, ela pede que você use 300 gramas. Para chegar ao valor de cada grama do ingrediente usado, o cálculo é o seguinte:

Equação para calcular preço de ingrediente numa receita:

R$3,00 (valor do saco de farinha) divido pela quantidade total que vem na embalagem, 1000 gramas (1 quilo).

A equação é básica: 3/1000 = 0,003 por grama.

Considerando que você usou 300 gramas na receita, é só multiplicar o resultado por 300. Assim:

0,003 x 300 = 0,90

Viu só! Você gastou R$ 0,90 para esta receita!

Você pode seguir esta regra para calcular o açúcar, no leite e por aí vai.

Custos adicionais

Depois de calcular o curto da fabricação do produto, algumas pessoas recomendam adicionar ao custo do produto, cerca de 15% que incluem o gás, a luz e custo de entrega.

Já a margem de lucro, você pode adicionar até 200% de lucro.

Dependendo da receita, suponhamos que você tenha gastado cerca de R$ 2,00 reais com os ingredientes.

Depois, você adiciona 20% em cima disso para calcular os gastos adicionais. Neste caso, fica em torno de R$ 0,40. O total de custo da produção foi de R$ 2,40.

O preço adicionando de 200% que seria sua margem de lucro colocaria um preço final no produto de R$ 7,20.

Viu só? Muito fácil não é mesmo?

É muito importante que você saiba calcular os custos de cada ingrediente, adicionar os custos adicionais e sua margem de lucro.

O bom de aprender como calcular o preço de um produto está no preço justo que você irá oferecer aos seus clientes.

Contudo, você também poderá calcular mês a mês, quanto ficou mais caro ou mais barato sua produção!

Assim, você já está pronta para começar um negócio de verdade!

E aí? O que achou do nosso post?

Foi útil para você?

Deixe nos comentários e compartilhe nas redes sociais para ajudar outras pessoas como você!

Até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.