Como Vender Mais, Cobrando Mais Caro (Garantido)

como vender mais

Existem vários fatores que contribuem para um negócio ter sucesso ou não. Porém, fazer mais vendas é provavelmente o fator mais importante. Afinal, sem dinheiro você não vai conseguir crescer. Pensando nisso, nesse artigo você vai aprender como vender mais.

Além disso, você também vai descobrir:

  • Por que o posicionamento é crucial para cobrar preços mais altos?
  • O motivo pelo qual as chances estão contra você (se você for um pequeno negócio) e como igualar com seus concorrentes;
  • Como gerar confiança e credibilidade instantaneamente.

Vender mais está diretamente ligado ao seu posicionamento no mercado e a confiança que o cliente tem em você.

Leia até o fim e certamente você vai ter uma visão muito melhor sobre como melhorar o seu negócio de doces.

Como Vender Mais – Expectativa e Estratégia Errada

Um problema muito comum nas mulheres que estão começando no ramo da confeitaria é pensar que é só abrir um negócio que as vendas vão começar a acontecer do nada.

A estratégia de marketing dessas pessoas é a “esperança“. Esperam que os clientes apareçam na sua porta pedindo pelos seus produtos.

É claro que vão conseguir fazer algumas vendas, pois sempre tem alguma pessoa pronta para comprar.

Porém, no longo prazo esse é o caminho para a frustração.

Esse tipo de negócio apenas vende o suficiente para pagar as contas, e no fim não sobra nada.

E pior, acabam desistindo e falando que não deu certo “porque o mercado é muito competitivo”.

De fato, qualquer mercado é competitivo hoje em dia. Porém, sempre tem alguém tendo muito sucesso e outro sofrendo com dívidas.

O grande problema dessas pessoas é que se posicionam no mercado da maneira “eu também”. Ou seja, sem diferencial nenhum, e a sua única estratégia é oferecer descontos e produtos mais baratos.

OBS: sugestão de leitura:

Por que o posicionamento é crucial para cobrar preços mais altos (e vender mais)?

como vender mais - posicionamento

Outro mito popular é que “tem que ter o melhor produto”, ou seja, basta ter o melhor produto e as pessoas vão comprar automaticamente. E ainda pagando mais caro por isso.

Em parte isso é verdade. Porém, a partir do ponto que você tem um doce bom (não precisa ser o melhor) o lucro vem pela maneira que você se posiciona no mercado.

Para você entender melhor:

Joshua Bell é um violinista e um dos maiores músicos do planeta. Ele faz apresentações ao redor do mundo ganhando até $ 1000 dólares por minuto do show.

Além disso, ele tem o melhor violino do mundo, avaliado em mais de 3 milhões de dólares.

Então, ele é um dos melhores violinistas tocando o melhor violino do mundo. Ou seja, ele é o melhor no que faz.

Em um belo dia, em 2007, ele foi submetido a um experimento. Um famoso jornal americano pediu para que ele tocasse seu violino em um metrô durante uma hora.

Por lá passaram milhares de pessoas que o viram tocar violino.

Sabe quanto dinheiro ele ganhou em uma hora de apresentação? Um total de 32 dólares.

Alguns dias após esse experimento, Joshua Bell se apresentou em um teatro de Boston cobrando 100 dólares por ingresso.

Ele faturou 60 mil dólares em uma hora, tocando as mesmas músicas com o mesmo violino.

Você sabe o motivo de tanta diferença? Em uma palavra: posicionamento.

Agora trazendo para o mundo da confeitaria: se você se posiciona no mercado como uma confeiteira que vende brigadeiros baratinhos para comer a qualquer hora, você não vai poder cobrar caro mesmo.

Por outro lado, se você se posiciona como uma excelente confeiteira que faz brigadeiros requintados, com a melhor matéria prima e com o maior capricho, você pode cobrar caro pelo seu produto SIM.

O motivo de pequenos negócios estarem em desvantagem

Talvez você não saiba, mas as pessoas (principalmente os brasileiros) preferem “não perder” do que “ganhar”.

Sabemos que as grandes empresas geralmente não oferecem os melhores atendimentos ao público geral, como serviços personalizados, etc.

É muito mais fácil encontrar uma loja pequena tendo um atendimento mais personalizado e próximo do cliente.

Porém, com o pensamento de “não perder”, as pessoas preferem comprar em grandes lojas pois as chances de serem enganadas são menores.

Por isso, é fundamental criar confiança e credibilidade com seus potenciais clientes.

Mas como criar uma marca confiável e competir com os grandes concorrentes?

Confira a seguir:

Como gerar confiança e credibilidade?

como vender mais - credibilidade e confiança

Através da Internet!

Antigamente era praticamente impossível um pequeno negócio ter condições de fazer marketing digital e competir com grandes empresas.

Entretanto, para sua sorte isso não é mais verdade.

Qualquer pessoa pode criar um perfil profissional nas redes sociais e até ter um site próprio, mesmo que não entenda nada de tecnologia.

E graças a isso, você pode transformar seu pequeno negócio de doces numa marca cada vez mais famosa.

A melhor forma de conquistar a confiança dos seus potenciais clientes é criar relacionamento. E as redes sociais são o lugar perfeito para isso, principalmente o Facebook e Instagram.

O ideal é manter-se ativa com frequência, postando fotos dos seus produtos, do processo de fabricação, e até fotos suas se você quiser (inclusive isso ajuda a dar um ar mais pessoal a sua marca).

Apesar de relativamente simples, isso não é um trabalho fácil… Todo esse processo exige dedicação e CONSISTÊNCIA.

Temos um artigo no blog sobre frases de confeitaria para Instagram se você quiser ter mais ideias do que postar.

Outra ferramenta essencial para manter contato de perto com seus clientes e fazer muitas vendas é o WhatsApp. Temos outro artigo sobre como vender pelo WhatsApp, basta clicar aqui para conferir.

Como Vender Mais?

Se você leu até aqui, já deve ter entendido que o processo de vendas é baseado fundamentalmente em confiança e posicionamento.

É claro que, antes de tudo, você deve confiar em si mesmo.

Agora, você precisa entender isso: o dinheiro está no acompanhamento (ou seguimento)!

O que isso quer dizer?

Entenda que a GRANDE MAIORIA das pessoas não vai comprar seu produto da primeira vez. Isso não quer dizer que elas não gostem dos seus doces ou de você.

Simplesmente é assim que acontece, por melhor que seja o marketing.

Para entender melhor: Você conhece a história do maior vendedor do mundo, segundo o Guinness Book?

Joe Girard vendeu 13.001 veículos entre 1963 e 1978 em uma concessionária Chevrolet.

Veja suas estatísticas:

  • Seis veículos por dia
  • No melhor dia, vendeu 18 veículos
  • No melhor mês, vendeu 174
  • Em seu melhor ano, ele vendeu 1425

E acredite, ele vendeu tudo isso no 1 a 1, sem fazer vendas em frotas de veículos.

Qual o seu segredo?

Ele enviava um cartão de felicitações personalizado a todos os seus clientes todos os meses. Em janeiro, um simples “Feliz Ano Novo”, em abril um “Feliz Páscoa” e assim por diante.

Sempre com seu nome estampado e com detalhes da concessionária onde ele trabalhava.

Dessa forma, quando um potencial cliente decidia comprar um carro, em quem você acha que eles pensavam?

No Joe Girard, é claro.

Ele sabia que a maioria das pessoas não iria comprar de primeira, mas em algum momento de fato comprariam.

Por isso, não desista no primeiro “não” que você receber.

Mantenha contato próximo com seus clientes, através do Instagram e do WhatsApp, principalmente.

Conclusão

Nesse artigo você aprendeu a importância do seu posicionamento, de criar uma relação de confiança e credibilidade com seus clientes.

Dessa forma, você vai vender mais, cobrando mais caro, e seus clientes ainda vão agradecer por isso!

Não subestime o poder da consistência. Afinal, manter contato próximo com seus clientes é a maneira mais garantida de ganhar muito mais dinheiro e transformar sua confeitaria num negócio realmente famoso e lucrativo.

Por fim, deixe um comentário com sugestões ou dúvidas que você tiver. Ficaremos felizes em responder.

Aproveite e nos siga nas nossas redes sociais: PinterestFacebook, Instagram e YouTube!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.